por que investir em tokens, investir em tokens, tokens de ativos reais, por que tokenizar, tokenização de ativos

Por que tokens e não o mercado financeiro atual?

Por que investir em tokens? Por que não manter seus investimentos no mercado financeiro tradicional? Por que optar por tokens e não ações?

Você já sabe o que é token de ativo, mas ainda está em dúvida se realmente faz sentido direcionar parte dos seus investimentos para esta modalidade.

Tudo bem, muitos investidores ainda estão tentando compreender como a tokenização de ativos está revolucionando o mercado financeiro. E aqueles que obtiverem as melhores informações, com certeza, vão conseguir sair na frente.

Por isso, decidimos apresentar um texto que soluciona de uma vez por todas a pergunta de por que investir em tokens e não no mercado financeiro tradicional.

Vamos lá?

Por que investir em tokens ao invés de ações?

A tokenização de ativos oferece oportunidades de investimentos muito além daqueles possibilitados pela bolsa de valores.

Mas os tokens também podem representar o direito de participação de empresas, os tokens de equity. Nesse caso eles funcionam “como as ações”, e são security tokens, um dos 4 principais tipos de tokens.

As ações representam partes de uma organização ou empresa e servem para autenticar a propriedade parcial daqueles que as possuem. Desse modo, quem possui uma ação é também detentor de um percentual da empresa representada por ela.

O principal interesse das empresas ao disponibilizar ações para serem adquiridas em capital aberto é arrecadar fundos.

Mas, então, por que investir em tokens?

Os tokens podem operar exatamente como as ações, ou seja, representando a participação de empresas. Eles são apenas menos conhecidos por serem relativamente novos, uma evolução desenvolvida a partir da blockchain.

Tokens também representam a propriedade sobre uma fração de um negócio e têm seus valores atrelados à valorização daquilo que representam, assim como as ações.

Porém, existem alguns benefícios em investir em tokens no lugar de investir em ações. Vamos falar sobre eles a seguir.

Os diferenciais do investimento em tokens

Existem várias diferenças entre tokens e ações que demonstram por que investir em tokens pode ser muito vantajoso.

Confira algumas delas abaixo:

  • Estruturação: os tokens contam com as tecnologias da blockchain e do smart contract, que garantem segurança.
  • Autonomia: o investidor pode armazenar seus tokens por conta própria, sem depender de corretoras.
  • Venda: as negociações de tokens não dependem da bolsa de valores e podem ser realizadas a qualquer hora do dia em todos os dias da semana.
  • Antifraude: a tecnologia blockchain também garante o registro das informações de todas as transferências e não pode ser fraudada ou alterada.

Além de tudo isso, os tokens de equity são oferecidos publicamente para os investidores por meio de um STO (Security Token Offering), que são parecidos com os IPO (Initial Public Offering), mas apresentam suas próprias vantagens:

  • Agilidade na abertura de capital: empresas conseguem ter seus tokens negociados muito mais rapidamente do que levariam para fazer um IPO.
  • Praticidade de negociação: Por meio do STO, startups podem oferecer seus tokens muito mais facilmente.
  • Acesso para investidores menores: os valores dos tokens em STO costumam ser muito mais baratos do que aqueles na bolsa de valores.

Agora que já entendemos um pouco mais sobre os benefícios dos tokens em relação às ações, vamos nos aprofundar nas vantagens que a tokenização oferece como um todo.

Quais as vantagens da tokenização?

Se você ainda está se perguntando por que investir em tokens, saiba que participação de empresa é apenas um dos exemplos dos ativos que podem ser tokenizados.

Tokenização nada mais é do que transformar um ativo real em partes digitais para que possam ser negociados mais facilmente.

Isso significa que ao investir em tokens de ativos reais, você tem a possibilidade de gerar retornos a partir de ativos aos quais você nunca teria acesso pela bolsa de valores.

Além disso, há 5 características que demonstram como você pode tirar vantagens da tokenização:

  • Acesso: a tokenização facilita com que qualquer pessoa possa investir em ativos de alta performance e que a liquidez para os donos desses ativos seja muito maior.
  • Proteção: como dito anteriormente, a blockchain e os smart contracts corroboram com a segurança dos investimentos em tokens de ativos.
  • Transparência: todos os registros das negociações de tokens ficam salvos na blockchain e podem ser consultados pelos participantes a qualquer momento.
  •  Eficiência: por diminuir o número de intermediários no processo, a tokenização reduz os custos das operações e faz com que elas sejam mais ágeis e menos burocráticas.
  • Divisibilidade: os tokens são sempre pequenas frações dos ativos, isso permite que você invista em ativos incomuns até então e por valores baixos.

Devido aos diversos benefícios que a tokenização apresenta, existem diversos setores que já tokenizam.

Se até aqui você não se convenceu das vantagens da tokenização, vamos explicar um pouco mais sobre a segurança tecnológica e jurídica dos tokens.

Por que investir em tokens é seguro tecnologicamente?

Como você viu anteriormente, a tokenização é elaborada em tecnologias extremamente bem protegidas.

Agora, vamos descrever melhor cada uma das modalidades de segurança para você entender por que investir em tokens é algo seguro.

Blockchain

Para entender por que o investimento em tokens de ativos reais é seguro tecnologicamente, você só precisa conhecer uma palavra: blockchain!

A blockchain é também chamada de protocolo de confiança, porque é nela que ficam registradas todas as informações relacionadas às transações: emissores, destinatários, datas, quantidades de tokens, etc.

Regularmente, um bloco com informações é formado e datado. Esses blocos se acoplam formando uma corrente que indica quais transações já ocorreram e quando foram realizadas.

Tudo isso de maneira criptografada, ou seja, por meio de códigos complexos.

Esses dados só passam a formar estes blocos depois de serem validados e aprovados pelos participantes da transação.

O que torna a blockchain extremamente segura é o fato dos blocos serem interdependentes. Então, uma tentativa de alteração em qualquer um deles se torna impossível, pois seria necessário decodificar todos os outros blocos.

Dessa maneira, todos os dados relacionados aos tokens ficam registrados e protegidos por esta tecnologia, que é descentralizada (não ficam armazenadas em apenas um servidor).

Devido à blockchain, é praticamente nula a chance de qualquer invasão ou adulteração durante a tokenização de ativos.

Mas, caso isso não fosse o suficiente, investir em tokens fica ainda mais seguro a partir da tecnologia dos Smart Contracts.

Smart Contracts

Os Smart Contracts fazem o trabalho de um contrato tradicional, mas de forma otimizada, mais barata e mais segura. São eles que definem as cláusulas dos direitos tokenizados.

Eles são elaborados durante a etapa de Emissão do processo de tokenização e carregam todas as regras previamente definidas no âmbito jurídico.

Os Smart Contracts também são imutáveis, assim como os dados da blockchain, e não há possibilidade de fraudes. Por serem pré-programados, eles são ativados de forma ágil e prática por meio de cliques.

Esses contratos digitais asseguram que as regras, que ficam sempre muito bem descritas e acessíveis para as partes interessadas na negociação, serão respeitadas.

Até aqui, você conseguiu entender um pouco mais sobre por que investir em tokens é seguro. Agora, vamos falar sobre os riscos associados ao investimento.

Quais são os principais riscos ao investir em tokens?

Investir em tokens carrega os mesmos riscos que qualquer outro tipo de investimento

Na realidade, muitos tipos de tokens podem apresentar riscos mais baixos do que aqueles relacionados à bolsa de valores, mas vamos nos focar nos riscos de todos os tokens.

O primeiro principal risco para os investidores é o de mercado. Ele está associado às incertezas que podem gerar variações de valor no mercado, como as curvas de juros, taxas de câmbio e volatilidade.

Também entram no risco de mercado questões referentes às legislações e tributações dos países, principalmente quando se trata de mudanças nessas regras.

O segundo principal risco é o de crédito, que estão presentes nos tokens que representam dívidas e funcionam como antecipação de recebíveis. Neste caso, o risco é o não cumprimento do pagamento por parte do devedor.

Por fim, o terceiro principal risco é o de liquidez, mas, neste caso, ele costuma ser mais baixo do que em investimentos tradicionais, já que a tokenização facilita a liquidação dos ativos.

De qualquer forma, ainda é possível que você encontre dificuldades em vender seus tokens ou encontrar apenas compradores oferecendo valores abaixo da sua expectativa.

Como você pode perceber, todos os principais riscos de investir em tokens estão presente em outros tipos de investimentos, mas podem ser mitigados com algumas atitudes práticas, como:

  • Conhecer o direito que você está adquirindo
  • Fazer estratégias de longo prazo
  • Realizar pesquisas sobre o ativo e o emissor do token
  • Ler e entender os termos e condições

Para terminarmos, não é possível entender por que investir em tokens é uma boa ideia sem falar sobre a transformação que esta modalidade está gerando no mercado financeiro.

Por que o investimento em tokens muda o Mercado Financeiro?

Tendo em vista o cenário atual do mundo, que exige informações e operações cada vez mais velozes, é importante que o mercado financeiro se modernize e ofereça soluções mais seguras e mais ágeis para todos os processos.

Tudo isso pode ser realizado pela tokenização devido à blockchain.

Além disso, é fundamental que cada vez mais o acesso a investimentos seja democrático. E não apenas alguns, mas diferentes tipos de investimentos, incluindo aqueles que até então não chegavam aos pequenos investidores.

Essa é mais uma mudança que a tokenização oferece.

Também é necessário que exista proteção de dados, transparência, redução de custos e agilidade nas transferências e operações. 

Mais uma vez, esses são elementos que o investimento em tokens oferece ao facilitar processos como custódia, liquidação, compensação e com a redução de intermediários entre os investidores e os donos de ativos.

Mas a principal maneira como a tokenização mudará o mercado financeiro atual é no comportamento.

Afinal, a tokenização facilita com que os investidores possuam a custódia de seus ativos em forma de tokens e tenham maior controle sobre seus próprios capitais.

Os tokens já estão presentes no mercado e podem diversificar ainda mais a sua carteira de investimentos

Não há porque abandonar a bolsa de valores, mas vale muito a pena expandir o seu acesso a ativos e oportunidades de retorno.

Depois do que trouxemos aqui, você ainda tem dúvidas sobre por que investir em tokens? Faça sua pergunta ou deixe sua opinião nos comentários.

E aproveite para seguir a Liqi no Instagram e ficar por dentro de todas as novidades do universo da tokenização de ativos!

Quer receber os nossos conteúdos e ficar por dentro de tudo o que acontece no universo da Tokenização?

Cadastre-se para receber os conteúdos por email

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

  1. Sou muito simples, sei apenas ler ,escrever e somar, será que consigo?

    1. Com certeza, Irene! A tokenização veio para democratizar os investimentos. Acabou o tempo em que só alguns eram capazes de fazer dinheiro dessa forma, chegou a hora de todos conseguirmos.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.